O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

29/05/12

Miauuuuuu... Foi o que os salvou

Estes "miúdos" foram abandonados com cerca de 9 dias de idade, dentro de uma caixa, ao lado de um contentor do lixo... com ração seca ao lado. Berraram durante quase 24 horas, sem que ninguém se dignasse a recolhê-los. Foi uma criança que referiu a existência deles a uma de nós, que foi logo buscá-los.
Bebés complicados que nunca acalmavam e miavam a plenos pulmões. Ideia... baptizá-los com nomes de cantores de ópera:
Pavarotti ;-), no dia que chegou. O mais pequeno da ninhada
Logo de inicio, começaram com diarreias, a não engordar como era esperado e a... miar!!!! Foram ao vet., mudamos-lhe a marca de leite, acrescentamos leveduras e pouco melhoravam.
 Pavarotti (adoptado) e Maria Callas
Carreras (não sobreviveu)
Com 3 semanas, o vet. (as idas ao veterinário eram diárias), começou outra medicação injectável e ração húmida intestinal, pois chegamos à conclusão que tinham intolerância ao leite. Fizeram medicação durante 9 dias, os rabiotes ficavam todos "assados" da diarreia, tinham de tomar banhos diários e secos com secador...
Engordar que é bom... népias que se visse. 
São umas "coisicas de nada" ;-), activos, miões, até já brincam e vão à areia sozinhos, mas...simbólicos ;-) e que nos inspiram alguma preocupação ainda, apesar das suas 4 semanas de vida, sempre a lutar... Eu e eles. Se mimos, muita dedicação e cuidados bastarem... ainda se vão tornar uns GATÕES!

Actualização - Dia 1 Junho de 2012
Finalmente parece que estão todos a arribar. Já não há diarreias e Pavaroti, que é o mais pequeno, engordou ontem 18 g (nunca tinha engordado mais de 6 num dia)

27/05/12

Toda a ajuda possível para o Lancia

Amigos,
Por mais anos de experiência que tenhamos a resgatar animais de situações difíceis, a verdade é que existem sempre casos que nos deixam sem palavras e profundamente abaladas!
Este gatinho bebé que hoje vos queremos falar é um exemplo disso, pois na sua curta vida sofreu mais do que podemos sequer imaginar.
Não nos queremos debruçar muito no seu passado (o de total negligência e desumanidade), mas pretendemos focar-nos no futuro e naquilo que podemos fazer por este pequenino de agora em diante!
A este gatinho tão valente e bonito, quisemos batizá-lo com um nome de um clássico do automobilismo: Lancia. E só esperamos que ele venha a ser também um vencedor deste rally da vida!!!
A história começa com um apelo e o resgate de um gatinho num estado lastimável. A sua pata direita dianteira estava tão inchada e torta que este nem se mexia de tantas dores que tinha. 
Levamo-lo imediatamente ao veterinário às 11 horas da noite e ficamos a saber que se tratava de um abcesso que teve de ser lancetado de imediato. Foi das imagens mais impressionantes que já alguma vez vimos... Saiu mais quantidade de pús daquele abcesso que a quantidade de sangue que um gatinho normal tem a circular. O estado em que se encontrava um bichinho tão pequeno e frágil, deixou-nos muito abaladas. As dores que este animal deve ter tido ao longo do tempo em que esta infeção se alastrou no seu corpinho...
Após o raio-x ficamos a saber que nada estava partido, a pata estava torta como resultado da compressão que o abcesso fez sobre o tecido nervoso. O veterinário disse-nos que nunca tinha visto um abcesso tão grande numa criatura tão pequenina...
Obviamente que nada estava resolvido ainda. A temperatura corporal do Lancia estava muito baixa, além da profunda subnutrição e desidratação em que se encontrava. Ficou internado a soro, levou vários antibióticos e o veterinário disse-nos que se o não tivessemos levado imediatamente, ele não teria passado dessa noite. Mas as complicações espreitavam e passado poouco tempo, ele teve convulsões, sinal que a infeção já tinha alastrado :-(. O veterinário esteve com ele até meio da noite e felizmente ele estabilizou um pouco.
O nosso Lancia esteve 2 dias entre a vida e a morte, muito debilitado, sem se mexer e sem querer comer, para além de ainda agora haver o risco de terem ficado sequelas da lesão nervosa, por compressão. Estamos a lutar muito por ele e temos uma equipa fantástica connosco a tratar dele, mas como podem imaginar, as despesas com este gatinho estão a ser muitas e precisamos de toda a ajuda possível.
Precisamos do vosso apoio e energia positiva para ultrapassarmos esta batalha e fazer deste gatinho um guerreiro vitorioso!
Mas precisamos também de ajuda nas despesas médicas, que já são muito grandes, ainda mais na altura em que temos cerca de 25 gatinhos bébés à nossa responsabilidade e encargo O nosso NIB é o  0033 0000 45416645869 05 e pedimos que coloquem no descritivo "Lancia", para sabermos que se destina às contas dele.
A todos, pedimos que torçam por este pequenino :-)

23/05/12

Teco e Geninha

Estes pequenotes nasceram numa garagem e assim que começaram a andar a mãe trouxe-os para o jardim para conhecer o mundo exterior. Claro que, um dia nessa visita, chamaram a atenção às tias que viram logo que aquele não era um lugar seguro para eles.
Capturá-los foi uma luta pois, apesar de pequenotes, já eram sabidolas e deram cá um baile às tias Susanas... mas lá vieram e foram devidamente instalados. Com o tempo perderam o medo e agora é vê-los felizes a saltitar pela casa, de caudinha alçada mal chego a casa ou os vou cumprimentar quando acordo.
Tornaram-se estas beldades felinas brincalhonas e ronronadeiras que apenas esperam uma oportunidade para se sentirem verdadeiramente em casa...
exactamente como aqui!
O Teco é o macho preto e branco e a Geninha a fêmea pretinha de pêlo brilhante.
Estão preparadíssimos para seguir viagem com quem lhe puder proporcionar um lar.

Contacto para adopção:

22/05/12

Kaori e os seus nove filhos :)

A Kaori é uma linda gata, arraçada de siamês com extremidades cinzentas tigradas e uns estonteantes olhos azuis claros.
Foi resgatada em Braga, já prenha, e na sua primeira noite na nossa cidade, deu à luz quatro bebés tigradinhos: a Keiko, a Kimiko, o Kazumi e o Kenichi :-))
Ficamos encantadas com estas ternuras e a dedicação da Kaori aos seus bebés, mas ainda estavamos longe de saber a verdadeira dedicação que esta gata era capaz de ter.
Uns tempos mais tarde, resgatamos mais dois bebés, um tigradinho e um amarelo: o Moutinho e o Sukas, com poucas semanas, subnutridos e a precisar urgentemente de uma mãe. Pensamos na Kaori e juntamos estes dois bebés aos outros quatro índios... e a Kaori recebeu-os encantada!
Se pensam que os feitos desta gata ficam por aqui, desenganem-se! No passado dia 19 de Maio recebemos um apelo de três crias que tinham sido abandonadas num jardim em Leça da Palmeira e estavam (pasmem!) a ser literalmente comidas pelas gaivotas!!!! :-(
São o Kingo (amarelo), o Kiyoto ( preto e branco) e o Kensuke (preto)!
Fomos imediatamente resgatar estes bebés e mais uma vez, a gata que colaborou connosco na tarefa de os acolher, limpar e amamentar foi a nossa Kaori!!! :-)
A Kaori é uma mamã feliz com os seus nove filhos!!!
Ah e  não se preocupem que a mamã não está "sobrecarregada" com estes filhotes todos! Os bebés estão a ser alimentados a biberão, várias vezes ao dia, para que ela continue forte e saudável para tratar de tudo o resto que tanta filharada exige ;)
Os quatro tigradinhos que nasceram fizeram já um mês no passado dia 15 de Maio e estão aptos para adopção! É uma ternura vê-los a brincar uns com os outros (quem tem mais do que um gato sabe do que estamos a falar), são uma delícia, dão-se todos bem e desejamos muito dar-lhes um  futuro que lhes seja sempre risonho!!! :-)

Contactos para adopção:
917512323

19/05/12

Filhos adotados. Então e eu???

A Xana é uma gata absolutamente encantadora. Conhecemo-la, já a gata arrastava a barriga no chão de tão grávida. Mesmo assim, quando nos viu deixou-nos afagar o pêlo e deu logo a sua barriguinha redonda para mais festas!
Foi o tempo de a levar ao veterinário e as contracções começarem... Fez-se uma cesariana (e seguiu-se logo a esterilização também) e nasceram uns bebés lindos, a nossa ninhada russa, os Perestroikos.
Ora a nossa Xana cumpriu eficazmente a função dela, alimentando as crias até estas ficarem gordinhas e lindas e seguirem para adoção!
Todos os bebés foram adoptados por famílias maravilhosas, mas........ Ficou a Xana :(
Esta gata é muito meiga, lindíssima, corajosa (pois levou a cabo a difícil tarefa de ser mãe) e não pode ficar encostada a um canto!!!! A Xana não se conforma com este destino e aguarda todos os dias que nos contactem para a virem buscar! E então? Quem é que vai mimar para sempre a nossa Xana????
Contacto para adopção: Fátima Castro (917512323) mfcastror@gmail.com

16/05/12

Os 3 Pastorinhos dA Fátima

O domingo é dia de descanso, certo?... Errado!! :-)
Este domingo respondemos a um apelo de 3 gatinhos bebés com os olhos em muito mau estado que estavam numa casa abandonada, em Espinho.
Depois de saltarmos um muro, deparamo-nos com um cenário nojento e um poço de perigo, tanto para humanos, como de doenças para gatos.
Um dos gatinhos, como nem sequer via, deixou-se apanhar logo. Já os outros... bem, os outros foram uma aventura que passou pela Fátima ter de andar a fazer desportos radicais entre escombros da casa, cuja grande parte do pavimento estava ruído.
Depois de muito esforço, várias esfoladelas e perseverança a rodos... apanhamos os 3 :-)
Aqui estão eles, acabados de chegar a casa da Fátima com os olhos, como se podem ver, e carregados de pulgas e piolhos.
Foram logo para um banho quentinho, sessão de pedicure, desparasitação e instalação nas novos aposentos. E ficaram com outro aspeto, não acham?
Ah...e em honra do dia em que foram resgatados, a pessoa que mais contribuiu para isso e a coincidência de serem 1 macho e 2 fêmeas, apresento-vos:
A Lucia e o Francisco (adoptado)
A Jacinta (adoptada)
Estão em tratamento (mais despesas, mais despesas :-(( ), mas em breve estarão prontos serem adotados.

Contacto para adoção: Fátima Castro
Tlm: 917512323 E-mail: mfcastror@gmail.com

12/05/12

A espertalhona da nossa Rosinha

A Rosinha é uma gata jovem que surgiu no nosso caminho inesperadamente. Na verdade, foi ela que nos encontrou, decidida a ser resgatada.
Estavamos nós atarefadas num outro resgate que nos levou imenso tempo, quando nos dirigimos para o carro a fim de irmos embora do local onde nos encontravamos. Nisto, chega uma gatinha e deita-se em cima do nosso capô. Não contente com isso, entra na mala do nosso carro, muito meiga e sedutora, decidida a vir connosco e a abandonar a rua o mais depressa possível!
Ainda ficamos incrédulas por alguns segundos, mas depressa fizemos a vontade à gatinha que tinha decidido fazer algo pela sua sobrevivência, revelando uma enorme inteligência.
A Rosinha veio assim connosco e depressa percebemos que se tratava de uma gata muito dócil e carente e também que já se encontrava esterilizada.
Julgamos que tenha sido abandonada pelos próprios donos... Por isso neste momento só desejamos que seja feliz numa casa onde a amem e protejam para sempre!!!
É uma mimalha, espertalhona e não perde uma oportunidade para procurar um colinho! Quem está disposto a cuidar para sempre desta Rosinha??? Uma gata assim decidida e inteligente tem de encontrar o seu cantinho!!!
Contacto para adopção: mafalda.bichanos@gmail.com

09/05/12

Salvamento a várias mãos

Quinta feira passada, recebemos apelo para um gatinho encontrado fechado num saco plástico na rua, à porta de uma clinica dentária.
Estava gelado, a Rute pegou logo nele e levou-o para o local de trabalho, onde muitas gente o procurou ajudar e depois entrou em contacto connosco.
Lá fui, com "kit" de sobrevivência (botija, mantas e biberon com leite de gatinhos). Deparei-me com um macho pretinho, de pelo farfalhudo, já a reagir, mas não quis mamar nada de jeito. O gatinho foi batizado pelas funcionárias, com o nome de  SMILE, por causa do local onde foi salvo.
Entretanto, ouvimos um miar desesperado que vinha de cima, de um terraço que, após quase 1 hora a tentar tocar a campainhas e a saber quem poderia lá ter acesso, soube que estava desabitado, mas com a ajuda inesperada de 3 futuras arquitectas ;-) que apareceram e se disponibilizaram a ajudar-me, descobrimos que pelas traseiras do prédio, levantando redes e andando por cima de uns muros...se conseguia chegar ao dito terraço. E lá foi a Maria e descobriu....uma bolinha de pelo linda de morrer, metida num canto, sozinha.
Em homenagem às minhas ajudantas  no salvamento desta gatinha, elas batizaram-na e ficou... a SIZA (do Vieira, estão a perceber? ;-) ).
O Smile e a Siza tinham cerca de 3 semanas, vinham muito magros e desnutridos. A Siza começou a recuperar logo muito bem, já com o Smile foi muito dificil alimentá-lo, pois ele recusava o biberon, foi necessário dar-lhe patê por uma seringa. E na segunda feira de manhã dei com ele quase inanimado, gelado, com vómito e prostado :-(. Fui de urgência para a clinica, onde foi diagnosticada uma gastroenterite forte. Foi posto a soro, medicado e colocado numa placa térmica.
As primeiras 24 horas foram difíceis pois a temperatura pouco subia e ele continuava caiidito. Mas de repente, arrebitou :-) hoje de manhã, a temperatura estabilizou, começou a berrar de fome e a chamar a atenção, muito activo e vivaço. Continua a não querer biberon, mas tem sido alimentado com sonda e amanhã em principio, terá alta. Virá com medicação, a precisar de muitos cuidados, mas esperamos que continue a melhorar e se junte á irmã Siza nas brincadeiras que ela já faz, como podem ver.
SIZA- Hoje
video

Actualização 11-05-2012
A Siza já está adotada :-). Irá para a sua nova casa dentro de umas semanas, fazer companhia à Lady, uma cadela super simpática de 6 anos.
O Smile recuperou muito bem e já foi adoptado :-)