O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

20/03/06

Os Gatos da Maria

Pelo titulo poderemos pensar que vamos falar duns gatinhos felizes, que vivem numa casa, sem problemas de maus tratos, falta de alimento ou de mimo e que tem como dona uma pessoa chamada Maria. Infelizmente esta não é a realidade. Chamei-lhe os gatos da Maria porque é dela o apelo que a seguir vou trancrever. Estes Gatos da Maria não tem casa, não tem onde se aquecer no Inverno, não tem alimento suficiente, não tem mimos dados por mãos humanas ...... muito pelo contrário :(

----------


Olá amigos,
desta vez venho falar de gatos :)
A semana passada, quando saía de casa da minha tia, deparei-me com um cenário bastante preocupante.
Numa rua sem saída por trás da Praça do Império, no Porto, estão cerca de 10 gatos esfomeados junto aos caixotes do lixo da Câmara. Fui vê-los de perto e começaram a enrolar-se nas minhas pernas e a miar, visivelmente cheios de fome. Fui à mala do carro onde costumo guardar comida de cão para os animais que encontro na rua e despejei um saco pequeno de ração de cão, que eles simplesmente devoraram em segundos.

Segundo o que pude apurar estes gatos eram alimentados por uma senhora que, devido às pressões dos vizinhos, deixou de o fazer. Os gatos continuaram por lá e estão cada vez mais magros, miam à passagem das pessoas a pedir comida e estão a reproduzir-se a um ritmo bastante acelerado.

Eu decidi encarregar-me pessoalmente destes gatinhos e passar a ir lá alimentá-los, mas o principal neste momento era mesmo esteriliza-los para que daqui a uns meses em vez de 10 não sejam 40 ou 50.

Já contactei a Catus para os inscrever no programa de esterilização e o preço que fazem para esterilizar a colónia são 15 euros por macho e 25 euros por fêmea, o que, dependendo do número certo de animais e do sexo pode dar um valor de cerca de 200 euros. É um preço excelente mas bastante dinheiro para uma pessoa suportar sozinha.

Quem quiser ajudar-me a esterilizar esta colónia por favor faça-o através do NIB 003300000004622360893 e envie-me um mail para o mariapteixeira@gmail.com para que possa manter um registo do valor que tenho.
Obrigada!
Maria Pinto Teixeira
------

Acrescento que esta colónia já foi visitada por algumas de nós ( Fabriro, Açores, Tânia, SRegina).
Ainda esta semana a Tânia, enquanto voluntária da Catus, irá começar com a captura e posteriores esterilizações destes gatinhos. Pelo menos dois deles estão com visiveis problemas nos olhos pelo que irão, com toda a certeza, necessitar de cuidados extras.
Se durante o pós operatório virmos que algum destes gatos é meigo será feita tentativa de arranjar Fat para nãos serem devolvidos à rua, mas sim postos para adopção.....