O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

07/04/15

Um menino que é doce demais...

Mais um apelo, mais uma história de indiferença e crueldade. As histórias multiplicam-se e nós permanecemos sempre imutáveis na nossa perplexidade perante a espécie humana. Já nada nos deveria surpreender e, no entanto, somos sempre bombardeadas com histórias que nos comovem e nos fazem perceber o quanto somos diferentes uns dos outros... E ainda bem que assim é!
Este pequenino, ainda bebé e tão frágil conheceu só uma vida de dor, indiferença, fome, frio, sede e medo constante, sendo escorraçado de todo o lado onde tentava, desesperadamente, encontrar abrigo. Acabou ferido, não sabemos durante quanto tempo.
Apenas tivemos conhecimento do seu estado porque uma família não foi indiferente aos miados constantes do pobre bichano, que de dia e de noite gritava para quem o pudesse acudir. Assim, contactaram-nos após o tentarem capturar, sem sucesso, e decidimos intervir.
Encontramos um gatinho ferido numa pata, profundamente subnutrido e desidratado, já sem forças e cheio de dores devido a uma ferida complicadíssima. Capturámo-lo e levamo-lo ao veterinário, onde ficou internado durante dias.
Foi sujeito a uma cirurgia para remoção de todo o tecido necrosado e de uma grande infecção que apresentava na sua patinha. Neste momento o nosso pequenino ainda se encontra em tratamento numa das nossas casas e esperamos de todo o nosso coração que a sua pata resista e não haja a necessidade de proceder a uma amputação. :(

É um gatinho profundamente meigo, paciente, dócil e carente. Apesar dos tratamentos serem dolorosos, nunca se queixou. Permite que lhe façamos tudo e olha sempre para nós numa expressão de profunda gratidão que nos comove intensamente.
É um pequeno e jovem gatinho que tem sempre receio que lhe batam, fruto da sua experiência de vida, que se encolhe com qualquer gesto nosso, pensando que dali virá uma agressão, mas que quando sente os carinhos, ronrona, dá a barriguinha e encosta-se a nós, profundamente conquistado e feliz.
video
Do fundo do nosso coração pedimos a vossa ajuda para fazer face a tantos tratamentos que este pequenino tem recebido. Pedimos também que nos ajudem a encontrar uma família excelente para este menino, que nunca mais o deixe conhecer o sofrimento de uma vida de dor e medo, uma família que esteja disposta a amar este pequenino como ele nunca foi amado e que o faça esquecer tudo que já passou.
 Para ficar com o nosso pequenino Açafrão, escreva para:

adotarbichanos@gmail.com


Actualização 21/04/15: O Açafrão continua em tratamento, mas está muito melhor. Não vai necessitar de amputar a pata e em breve poderá seguir para uma família!
Estou quase bom!!! 
«Oh won't you, Stay with me
Cause you're all I need»

Sem comentários: