O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

01/11/10

Fazer a diferença

Há cerca de 10 dias, recebemos um apelo de um gato numa rua, do Centro do Porto, visivelmente magoado na boca, imóvel e sem comer.

Não deu luta nenhuma para ser posta numa transportadora. Levamo-lA (sim, vimos logo que era femea, já que é tricolor) ao vet, que viu logo que ela tinha fenda traumática no palato (ceú da boca), dentes partidos. A causa...queda, ou pontapé :-(.

Precisava de ser operada, pois as lesões impediam-na de comer, com as dores.
Quando foi sedada, fez-se RX e verificou-se que tinha múltiplas fracturas no palato, mas felizmente, mais nenhum osso partido.

Claro que se aproveitou a anestesia, para ser esterelizada também.

A cirurgia correu bem, mas a gatinha, baptizada de Lau (de Laurinda), continuou a não comer, aterrorizada por estar numa jaula, com outros animais barulhentos, à sua volta. Foi então para casa da Marta, instalada numa jaula confortável (é essencial fazer-se quarentena a novos gatos entrados em casa) e a Marta tratou dela, escovando-a (tinha milhares de ninhos de pulga), dando-lhe comida á boca e mimando-a muito.
E a Lau foi relaxando, começou a comer ração seca e a recuperar.

Já foi de novo ao vet. , que verificou que está a recuperar bem :-)).
Esta menina é bem adulta ( cerca de 3-4 anos), é dócil, gosta de colo e vai precisar de um dono, mal esteja completamente recuperada.

Fizemos a diferença na vida desta gatinha, o que nos alegra muito :-)

A conta desta peluda vai em cerca de 250 €, o que é pesado para nós, pelo que se houver por aí quem queira ser madrinha de tratamento da Lau, ajudando-nos nas despesas, ela e nós agradecemos muito

3 comentários:

alex disse...

E que diferença fizeram! :)

Boa sorte! (também a obter ajuda para ajudar neste bela acção)

Anónimo disse...

Olá! Fui eu que achei esta gatinha e baptizei-a de Gi. :-P Partiu-me o coração vê-la ali ao frio, imóvel, ferida. Pedi ajuda à Patrícia e... o resto vocês já sabem. Agradeço-vos do fundo do coração tudo o que têm feito por ela. Logo que possa, vou contribuir para as despesas do veterinário. Muito, muito obrigada.

Gisela Monteiro

estrela666 disse...

Vou fazer um donativo pois não consigo ficar indiferente a essa linda gatinha... tenho pena de não poder dar melhor quantia, mas é o que posso e é de coração! Faço logo ao final da tarde!
Beijinhos e força!!