O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

23/02/09

Meninos de Rua

Como não nos é possível recolher todos os gatos meigos que sabemos que vivem na rua, iniciamos hoje uma nova rubrica de divulgação de animais meigos que conhecemos na rua, às vezes em condições mais ao menos protegidas, outras vezes menos, com a esperança talvez de que com alguma divulgação alguém se apaixone e e considere dar-lhes uma hipótese de vida melhor!
Hoje apresento-vos dois meninos pretos que vivem em Leça da Palmeira. Era uma colónia de 4 pretos, dois machos e duas fêmeas. as fêmeas entretanto desapareceram, assim como desapareciam os seus bebés...
Chamei-lhes Mr Ben e Mr Bin. São irmãos, e ambos são muito meigos, e embora na rua o Mr Bin seja bastante tímido, acredito que numa casa sentindo-se seguro fique muito meigo e confiante. O Mr Ben é um doce turrento e mião, e distingue-se do Mr Bin pois tem a cauda torta em dois sítios (sente-se mais do que se vê).Uma das pessoas que os alimentava mudou de casa no Natal, e eles agora têm uma alimentação muito mais incerta, e estão magrinhos. Se alguém sonhar com dois pretões lustrosos e meigos, uma adopção dupla era ideal, pois custa muito a ideia de tirar um da rua e deixar o outro lá sozinho sem o apoio do irmão. Foram ambos castrados pela associação Animais de Rua.

2 comentários:

Lau disse...

Olá tenho um leilão solidário http://sininhosolidaria.blogspot.com, que todos os meses ajuda uma associação em necessidade, ate dia 28 estou a audar a fundação pegadas, e a partir de Março o refugio das patinhas, passa lá e contribui, nem que seja com a doação de uma peça.

Obrigada.
Jokitas

Rosa Branca Pinto disse...

Eu poderia ficar com um para oferecer a uma pessoa querida, mas com os dois não.
Gostava que fosse meigo, no entanto, gostava que fosse assim um gato adulto que soubesse defender-se, pois trata-se de uma casa com terreno, com jardim e ele poderia andar por lá à-vontade. No entanto, sendo jardim e assim, não estará protegido como estando sempre dentro de casa...
O que me dizem?

O que vos pergunto, é sem compromisso.

rosabrancapinto@gmail.com