O Bichanos do Porto é um projecto de um grupo de amigas com uma paixão comum: gatos. Lidamos constantemente com situações de abandono e maus tratos e não conseguimos ignorar esta triste realidade. Como não somos associação nem temos espaço próprio, os gatinhos que recolhemos são acomodados nas nossas próprias casas. Por isso, tudo o que fazemos é fruto de esforços pessoais, a todos os níveis, bem como da boa vontade de todos aqueles que, de uma forma ou de outra, vão colaborando com esta causa.

04/11/06

O Fiusco... ou há dias de sorte...

Tentem imaginar a cena: 5ª feira, 7h45 da manhã, eu ainda mal acordada, na estrada de Entre-os -Rios, a conduzir automaticamente (não devia dizer isso, mas é verdade...) para estar às 8h30 em Alpendurada, onde dou aulas.
Com um olho ainda meio fechado do sono, vi ao longe, no meio da estrada, em pleno eixo da via, sobre o traço branco, uma mancha preta e branca. Pensei de mim para comigo: mais um gatinho morto (e naquela estrada são tantos... :(( ).

Eis que passo pelo gatinho (supostamente) morto e dois olhinhos arregalados seguem o meu carro, mas o gatinho não se desvia um milímetro. Alto, o gatinho não está morto!!! Sem pensar nem raciocinar (é óbvio) parei o carro uns metros à frente e fui o mais rápido que pude até ao sítio onde o gatinho se encontrava, agarrei-o como pude e tirei-o dali antes que um carro o levasse (ou a mim, já agora). Pobrezinho, com o susto agarrou-se com todos os dentes ao meu dedo, mas eu não o larguei. Meti-o na mala do carro, sentei-me ao volante, e pensei: "Ora bolas, e agora que faço???? Sem transportadora, vou estar na escola até às 3h00 da tarde..." Incomodei a Fátima R (desculpa Fátima....) e decidi pô-lo numa caixa quando chegasse à escola e depois logo se via.

Cheguei à escola, mandei avisar os alunos que me tinha surgido um imprevisto e me ia atrasar 5 minutos, pedi uma caixa na reprografia (daquelas do papel, estão a ver?), fiz uns furos na tampa e toca de voltar ao carro buscar o gatinho.

Depois pensei: se eu deixo esta caixa na sala dos professores, com o medo o gato ainda foge... De forma que andei de aula em aula com uma caixa na mão... :D Em breve se espalhou a notícia que eu tinha achado um gatinho, todos o queriam ver (não deixei), pobre gatinho, estava em pânico, não bebeu água sequer, não fez necessidades, nada. O nome Fiusco foi a pedido dos meus alunos do curso de Turismo. :))

Chegada a casa, finalmente, toca de saber se o menino é bravo ou só muito assustado. E felizmente é só medo mesmo, já foi desparasitado por dentro e por fora, está bem de saúde, agora encontra-se aqui a habituar-se às pessoas. Como ainda é bebé, deverá amansar sem problemas.

Fotos do menino (na primeira a bufar lol):



7 comentários:

maria cristina matos disse...

que bufanito... que bom foi salvo!

Ainda bem que há pessoas assim. Pessoas que honram a raça humana.

Formiguinha disse...

Tu és cá das minhas! Eu tb páro o carro onde for preciso (ainda que seja perigoso). Foi assim que o Said veio cá para casa, andava na A5 em plena hora de ponta. Nesse dia realmente arrisquei a vida mas ganhei um amigo para sempre!

Atlantic disse...

O que é feito do Fusco, Xana ???

lg disse...

eu adoro vocês. a sério.

bixana disse...

O Fiusco passou de bufão e rosnão a carente e meigo ainda que um pouco assustado. Ronrona, faz patinhas, adora colo e festas, ainda que antes de se deixar apanhar faça valer a sua opinião de que está com medo e vai fazer e vai acontecer... :D Não faz nada. Está magrinho e com diarreia, só será posto para adopção quando estiver bom.

Rodrigues disse...

:) :) Eu faria exactamente o mesmo!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,